Secretaria Municipal de Juventude abre inscrições para curso de produção audiovisual em Oeiras

A Secretaria Municipal de Juventude abre inscrições nesta segunda-feira, 05, para um curso de Produção Audiovisual, destinado a jovens em situação de vulnerabilidade social. A capacitação é fruto de uma parceria da Prefeitura de Oeiras, através da Secretaria de Juventude, com o Instituto Comrádio do Brasil. O convênio foi assinado na última sexta-feira pelo prefeito José Raimundo e pelo coordenador do projeto, Jessé Barbosa.

O coordenador comenta que o curso faz parte do projeto Jovens Radialistas do Semiárido, que acontece em Oeiras desde 2014. “Nosso objetivo é formar jovens com curso profissionalizante em Comunicação Social, neste caso a habilitação é em produção audiovisual. Neste curso, os jovens vão ter noções de empreendedorismo, a prender a lidar com produção de vídeo de baixo custo, produção de áudio, e especialmente produção para a Internet e monitoramento em mídia social. A ideia é que esses jovens, de posse desses conhecimentos, possam ampliar o debate sobre políticas públicas de convivência com o semiárido, sobre a sua situação de jovem aqui nesta região. Enfim, provocar uma mudança silenciosa em toda essa situação que a gente vive”, argumenta Jessé Barbosa.

As inscrições acontecem na Praça da Juventude e na rádio educativa Cristo Rei FM, a partir das 8h. Serão ofertadas 35 vagas. O curso, que tem início dia 30 de junho, é composto por quatro módulos, abordando temáticas como: cultura empreendedora e gestão em comunicação, mídia social e internet, produção para o rádio e streaming e produção de vídeo com poucos recursos.

Para a secretária de Juventude, Heloísa Helena, o curso é uma oportunidade de fortalecer potenciais da comunidade jovem do município de Oeiras. “Esse trabalho é uma política pública preventiva, uma vez que pega jovens em situação de risco para estar oferecendo cursos. Esta ocupação é uma garantia da efetivação de direitos na questão proteção social. O jovem poderá utilizar os conhecimentos para o ingresso no primeiro emprego, por exemplo”, pontua a secretária.

O projeto Jovens Radialistas do Semiárido, desenvolvido pelo Instituto Comradio do Brasil, foi implantado em Oeiras em 2014, com apoio da organização não-governamental suíça Brücke Le pont. A Fundação Dom Edilberto Dinkelborg também é parceira do projeto.

Você pode gostar...